Plano de Gestão de Passivo Tributário e Execuções - PEX 360º

A Garrastazu Advogados tem larga experiência na gestão de contencioso tributário e administração de passivos tributários.

A situação preocupante da economia desencadeia e agrava sérios problemas, provocando dificuldades de fluxo de caixa, que resultam, em regra, no não pagamento de tributos. Essa “primeira opção” de dever ao governo, credor que não tem agilidade para cobrar rapidamente, pode causar sérios transtornos para a empresa e para os sócios.

(11) 3385 (ver telefone) - 1600  São Paulo

(51) 3301 (ver telefone) - 1600  Porto Alegre

(21) 3195 (ver telefone) - 4141  Rio de Janeiro

Mensagem encaminhada com sucesso

Curta nossa página no facebook para ficar a par de notícias jurídicas para não advogados.

Envie Por E-mail
Solicitar proposta de honorários

As consequências graves do passivo tributário

Clique aqui para mais informações sobre
As consequências graves do passivo tributário

O empresário com passivo tributário convive com a inscrição de tributos em cadastros de proteção do crédito (SERASA e SPC), protestos, impedimento de participação em licitações, restrição de créditos oficiais e presunção de fraude em decorrência da alienação ou oneração de bens.

Em um estágio mais avançado, o passivo tributário resulta no recebimento de oficiais de justiça, bloqueios em conta bancária, congelamento de bens e, com muita frequência, conduz ao redirecionamento do passivo tributário ao patrimônio dos sócios.

PEX 360º. Quando as despesas de juros emergente dos passivos tributário e financeiros superam a margem de lucro do mercado, não basta o talento empresarial para superar o estado de crise. Quando os tributos em atraso se acumulam, somente uma gestão de passivo competente é capaz de conduzir a empresa de volta à normalidade, preservando o patrimônio da empresa e dos sócios – de maneira sustentável.

Plano Garrastazu 360º de gestão de passivo tributário

Clique aqui para maiores informações
Plano Garrastazu 360º de gestão de passivo tributário

São várias as alternativas disponibilizadas no sistema jurídico para a defesa do contribuinte devedor, o que permite em uma série de casos a viabilidade da atividade econômica. E mais, permite a preservação do patrimônio dos sócios – se observadas as condições fixadas pela legislação.

Acompanhamento diário. A solução do passivo compreende determinados passos visando ao equilíbrio das despesas e das receitas e o acompanhamento diário das execuções fiscais em andamento. Em regra, isso resulta no fim das “surpresas” que dificultam o andamento da empresa.

Porque atuamos em todas as áreas de interesse direto com a gestão de passivo tributário, afirmamos que se trata de um gestão 360º. Conheça ao lado mecanismos de gestão.

No diagrama circular dinâmico, os quatro planos acima descritos com as seguintes qualificações

ATUAÇÃO CONSULTIVA E CONTENCIOSA RELACIONADA A, POR EXEMPLO:

  • ● AUTUAÇÕES FISCAIS;
  • ● DECLARAÇÕES FISCAIS;
  • ● ESCLARECIMENTOS SOBRE A LEGISLAÇÃO;
  • ● REPERCUSSÕES TRIBUTÁRIAS DA VENDA DE MÓVEIS;
  • ● DIREITO TRIBUTÁRIO EM GERAL.

Transição à normalidade econômica: em busca da sustentabilidade

Clique aqui para mais informações
Transição à normalidade econômica

Sustentabilidade. Optar por não pagar o tributo federal corrente resulta em encargos de mora de 40%, valor este que não foi incluído no preço do produto. Optar por simplesmente pagar o tributo passado, sem um planejamento de fluxo de pagamentos, conduz a uma bola de neve insustentável.

A Garrastazu Advogados convida o empresário a pensar a sua empresa para os próximos cinco e dez anos. É preciso planejar hoje as ações que, se executadas da maneira adequada, proporcionarão uma situação confortável no futuro.

Plano de Gestão de Passivo Tributário e Execuções - PEX 360º

A Garrastazu disponibiliza informações destinadas a não advogados e a não juristas por meio de cartilhas explicativas. A cartilha esclarece questões relevantes sobre os serviços prestados. Preencha os dados abaixo para receber imediatamente nossa cartilha sobre Plano de Gestão de Passivo Tributário e Execuções - PEX 360º.

Mensagem encaminhada com sucesso

Curta nossa página no facebook para ficar a par de notícias jurídicas para não advogados.

A Garrastazu Advogados

Nosso conservadorismo se propõe a evitar estratégias de pouca expectativa de êxito, nossa técnica aponta ao emprego do estado da arte do Direito em nosso dia-a-dia e nosso realismo nos conduz a escolher estratégias que tragam soluções concretas para problemas reais em um tempo aceitável. A demora da justiça se confunde com a própria injustiça. Por isso dizemos que somos conservadores, técnicos e realistas ao executar nosso ofício.

Prevenção

A primeira preocupação é assegurar rotinas hoje que vão evitar dores de cabeça amanhã.

Simplicidade

A atividade do profissional já é complexa o suficiente. Nós acreditamos em simplificar para facilitar a compreensão. Ou seja, nada de “juridiquês".

Sucesso por Cooperação

Apostamos em crescer com nossos clientes, os impulsionando por meio de orientações precisas.

Conservadorismo, técnica e realismo

Nosso conservadorismo se propõe a evitar estratégias de pouca expectativa de êxito, nossa técnica aponta ao emprego do estado da arte do Direito nosso dia-a-dia e nosso realismo nos conduz a escolher estratégias que tragam soluções concretas para problemas reais em um tempo aceitável.

Tecnologia

Disponibilizamos mecanismos de acompanhamento de processos em tempo real, além da possibilidade de contato por telefone, Skype e e-mail – diminuindo a necessidade de reuniões para o recebimento de trabalhos simples.

Inovação e criatividade

Nosso perfil conservador não nos impede de identificar alternativas para problemas reais com inovação e criatividade.

Quem são os líderes de nossas equipes de especialistas

Alexandre Bubolz Andersen

Sócio Coordenador da Área de Gestão de Passivo Tributário

Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande – FURG
Pós-Graduando em Direito Tributário Aplicado: Tributos em espécie pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS
Pós-Graduado em Direito do Estado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS.

Carlos Horácio Bonamigo Filho

Sócio Coordenador da Área de Direito Tributário

Sócio Coordenador da Divisão de Direito Tributário, escritor e professor.
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS.
Pós–graduado em Direito do Estado e em Direito Tributário Aplicado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS.

Mestre em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Fluência em inglês e noções de alemão.

Mensagem encaminhada com sucesso

Curta nossa página no facebook para ficar a par de notícias jurídicas para não advogados.

Envie Por E-mail