Direito Bancário do Consumidor – Ações revisionais e anulatórias

São comuns as arbitrariedades cometidas pelas instituições financeiras. Dentre os exemplos, listamos que a taxa de juros praticada pelas instituições financeiras deve limitar-se à média divulgada mensalmente pelo Banco Central e que, na hipótese de o contrato prever a incidência de juros remuneratórios, mas sem lhe precisar o montante, é nula a cláusula que deixa ao arbítrio da instituição financeira o preenchimento de seu conteúdo.

A Garrastazu Advogados tem experiência na defesa contra juros abusivos e outras irregularidades em contratos de empréstimos, cheque-especial, cartão de crédito, financiamentos e leasing, em ações que permitem tanto a diminuição do débito quando a renegociação da dívida judicializada em condições favorecidas. Para tanto, a atuação do escritório abrange:

  • Ações revisionais e anulatórias em relação a itens abusivos;
  • Consultoria visando a evitar a assinatura de contratos eivados de ilegalidade.

Sucesso por Cooperação

Apostamos em crescer com nossos clientes, impulsionando-os por meio de orientações precisas.

Simplicidade

Acreditamos em simplificar para facilitar a compreensão. Ou seja, nada de "juridiquês".

Inovação e Criatividade

Nosso perfil conservador não nos impede de identificar alternativas para problemas reais com inovação e criatividade.

Perguntas Frequentes

Nossa Equipe de Especialistas

Bárbara Lourega Guatymozin Lorenzetti

Bárbara Lourega Guatymozin Lorenzetti

Direito Bancário do Consumidor – Ações revisionais e anulatórias
barbara.lorenzetti@garrastazu.com.br


Advogada Integrante da Divisão de Direito Civil e do Consumidor.
Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela UniRitter Laureate International Universities.
Pós–graduada em Direito Público com ênfase em Direito Administrativo pela UniRitter Laureate International Universities.
Plano Collor - Produtos  Rurais; Direito do fornecedor; Direito Empresarial; e Direito Societário.

Ver Perfil Completo

Solicite uma Proposta