REGULARIZAÇÃO DO ESTRANGEIRO NO BRASIL:
VISTOS E CIDADANIA

O número crescente de estrangeiros vivendo no Brasil e de brasileiros vivendo no exterior motivou a Garrastazu Advogados a disponibilizar profissionais especialistas para assessorar no vencimento da burocracia brasileira.
Atuamos em todo o país, exclusivamente por meio de especialistas na área.

(11) 3031(ver telefone) - 0706   São Paulo

(51) 3301(ver telefone) - 1600   Porto Alegre

(21) 3195 (ver telefone) - 4141  Rio de Janeiro

Mensagem encaminhada com sucesso

Curta nossa página no facebook para ficar a par de notícias jurídicas para não advogados.

Solicitar proposta de honorários

VISTO FAMILIAR E DE TRABALHO

Todos os estrangeiros que ingressaram no Brasil até 1º de fevereiro de 2009 e que estiverem em situação irregular podem requerer residência provisória por dois anos (L. 11.961/09), através de visto de trabalho ou familiar. O VISTO FAMILIAR pode ser requerido nas hipóteses (i) de estrangeiro casado com cônjuge brasileiro, (ii) de filho brasileiro sob guarda do estrangeiro e dependência econômica, (iii) de reunião familiar e de (iv) União estável, sendo necessária prova da convivência.

O VISTO DE TRABALHO pode ser requerido tanto no Consulado Brasileiro no exterior, quanto por meio de instituições no Brasil – em especial o Ministério da Justiça. O procedimento depende uma análise cuidadosa, eis que brasileiros têm prioridade nas vagas de trabalho e empresas devem justificar a contratação do estrangeiro. O estrangeiro deve comprovar escolaridade e qualificação profissional compatíveis com o cargo, devendo a empresa ter 2/3 de empregados brasileiros (Exigência não cabível aos nacionais de países signatários do Mercosul, como Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai).

DUPLA CIDADANIA

Ir morar fora, conseguir um passaporte europeu ou norte-americano, ou apenas satisfazer um desejo de se aproximar das raízes da família. Esses são apenas alguns dos motivos que têm estimulado cada vez mais pessoas a fazer o pedido de reconhecimento de uma nova cidadania. Ser um cidadão com dupla nacionalidade traz alguns benefícios e facilidades, como a garantia de emprego legal sem a necessidade de trâmites burocráticos.

Os requisitos para obtenção da dupla cidadania variam de país para país. Assim, a GARRASTAZU ADVOGADOS conta com uma equipe experiente para prestar todo o auxílio necessário junto ao País de origem do familiar, com o fito maior de promover a satisfação de seus clientes desde a primeira consulta, quando ainda inseguros em relação ao melhor caminho a ser traçado.

A Garrastazu Advogados

Nosso conservadorismo se propõe a evitar estratégias de pouca expectativa de êxito, nossa técnica aponta ao emprego do estado da arte do Direito em nosso dia-a-dia e nosso realismo nos conduz a escolher estratégias que tragam soluções concretas para problemas reais em um tempo aceitável. A demora da justiça se confunde com a própria injustiça. Por isso dizemos que somos conservadores, técnicos e realistas ao executar nosso ofício.

Prevenção

A primeira preocupação é assegurar rotinas hoje que vão evitar dores de cabeça amanhã.

Simplicidade

A atividade do profissional já é complexa o suficiente. Nós acreditamos em simplificar para facilitar a compreensão. Ou seja, nada de “juridiquês".

Sucesso por Cooperação

Apostamos em crescer com nossos clientes, os impulsionando por meio de orientações precisas.

Conservadorismo, técnica e realismo

Nosso conservadorismo se propõe a evitar estratégias de pouca expectativa de êxito, nossa técnica aponta ao emprego do estado da arte do Direito nosso dia-a-dia e nosso realismo nos conduz a escolher estratégias que tragam soluções concretas para problemas reais em um tempo aceitável.

Tecnologia

Disponibilizamos mecanismos de acompanhamento de processos em tempo real, além da possibilidade de contato por telefone, Skype e e-mail – diminuindo a necessidade de reuniões para o recebimento de trabalhos simples.

Inovação e criatividade

Nosso perfil conservador não nos impede de identificar alternativas para problemas reais com inovação e criatividade.

Quem são os líderes de nossas equipes de especialistas

Cecília Barros Telles

Coordenadora do núcleo de Vistos e Cidadanias





Formada pela PUCRS, é também bacharela em Comunicação Social: habilitação Relações Públicas, pela mesma Universidade.

Egressa da Fundação Escola Superior da Defensoria Pública do Rio Grande do Sul (FESDEP/RS),
foi conciliadora judicial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul.

Carolina Leitão

Coordenadora da filial SP

Sócia Coordenadora da Filial de São Paulo - SP. Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS.

Pós–Graduada em Processo Civil e Constituição pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS

Especialista em Direito de Empresa pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUCRJ.

Pedro Maciel

Coordenador da filial RJ

Sócio-Coordenador da Filial do Rio de Janeiro – RJ Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS

Pós-Graduado (Extensão) em Direito Cível e Processual Cível pela Faculdade IDC Especialista em Direito Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)

e Pós–Graduando em Direito de Propriedade Intelectual Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUCRJ).

Cristiana Sanchez Gomes Ferreira

Coordenadora do núcleo de Direito de Família, Sucessões e Planejamento Sucessório

Mestre em Direito Privado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Diretora executiva do Instituto Brasileiro de Direito de Família da seccional do Rio Grande do Sul (IBDFAM/RS),

na condição de conselheira fiscal. Vice-Presidente do Instituto de Direito e Economia do RS (IDERS).

Coordenadora do Grupo de Estudos em Direito de Família da Escola Superior da Advocacia (ESA- OAB/RS).

Mensagem encaminhada com sucesso

Curta nossa página no facebook para ficar a par de notícias jurídicas para não advogados.

Envie Por E-mail