OAB questiona Anatel e pode ir à Justiça contra limite à banda larga fixa

19/04/2016 1 minuto de leitura

BRASÍLIA - A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) enviou nesta terça-feira à Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) um ofício solicitando a derrubada da possibilidade de as operadoras de telefonia limitarem o acesso à banda larga fixa pelos consumidores. Ontem, a Anatel ratificou a possibilidade de cobrança após um período de 90 dias em que as teles informem os clientes e adotem ferramentas para controle do uso de dados.


Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/economia/oab-questiona-anatel-pode-ir-justica-contra-limite-banda-larga-fixa-19126243#ixzz46J6AnBlg
© 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
Por meio de nota à imprensa, o presidente da OAB, Claudio Lamachia, contestou a posição da Anatel.


"É inaceitável que uma entidade pública destinada a defender os consumidores opte por normatizar meios para que as empresas os prejudiquem", disse ele na nota.


A OAB considera futuramente ir à Justiça contra a cobrança para resguardar o direito dos consumidores e em nome do desenvolvimento da sociedade brasileira, se a Anatel não rever a medida cautelar publicada ontem.


Para a OAB, a posição da Anatel - de que as teles podem limitar o acesso, baixar a velocidade de conexão ou cobrar por excedentes de consumo quando o usuário chegar ao limite de dados previsto em seu contrato - fere o Marco Civil da Internet e o Código de Defesa do Consumidor. "A Anatel parece se esquecer de que nenhuma norma ou resolução institucional pode ser contrária ao que define a legislação", disse Lamachia em nota.


Apesar da negativa do presidente da Anatel, João Rezende, que antes descartou qualquer relação entre a medida e a concorrência no mercado, o presidente da OAB disse que o limite à banda larga fixa é uma medida "anticoncorrencial" e afasta do mercado as novas tecnologias de streaming. Para Lamachia, a internet banda larga à disposição da sociedade é um "ato de cidadania".


Fonte: O Globo

Advocacia Online e Digital
Acessível de todo o Brasil, onde quer que você esteja.

Enviar consulta

A qualquer hora, em qualquer lugar: nossa equipe está pronta para atender você com excelência.

Continue lendo: artigos relacionados

Fique por dentro das nossas novidades.

Acompanhe nosso blog e nossas redes sociais.

1
Atendimento via Whatsapp
Olá, qual seu problema jurídico?
Garrastazu Advogados
Garrastazu Advogados
Respondemos em alguns minutos.
Atendimento via Whatsapp

Atenção Clientes da Garrastazu

Prezados clientes,

Devido às recentes enchentes que afetam significativamente a Região Metropolitana, informamos que o atendimento presencial na sede da Garrastazu Advogados em Porto Alegre estará suspenso.

Nossa prioridade é garantir a segurança de todos. Enquanto trabalhamos para normalizar a situação, nossa equipe continuará prestando assistência jurídica de forma remota. Todos os nossos serviços continuam operando com a mesma qualidade e eficiência através dos nossos canais digitais e telefônicos.

Para quaisquer dúvidas ou necessidades urgentes, por favor, não hesitem em contatar-nos.

Agradecemos pela compreensão e estamos à disposição para auxiliar no que for necessário durante este período.

Atenciosamente,

Sucesso!
Lorem ipsum dolor sit amet

Pensamos na sua privacidade

Usamos cookies para que sua experiência seja melhor. Ao continuar navegando você de acordo com os termos.

Aceito
Garrastazu

Aguarde

Estamos enviando sua solicitação...